1 – Cada vez mais, os condomínios enfrentam as dificuldades de candidatos à vaga de síndico, pois, as responsabilidades e atribuições desta função, são de difícil conciliação com os afazeres pessoais e profissionais de cada condômino, por isto, o objetivo é colocar na função recurso humano que trabalhe por profissão, não que exerça de forma eventual, alguém que tenha conhecimentos da sua profissão que seja especialista;

2 – Um condomínio sem a figura do síndico está totalmente irregular perante a legislação e não terá representatividade alguma frente aos órgãos competentes, porém, não se pode forçar ou impor a alguém o exercício desta função;

3 – O síndico ou gestor profissional tem a vantagem de ser desprovido de vínculos com moradores e empregados, o que facilita a gestão profissional do condomínio, de forma imparcial;

4 – Comprometimento de tempo e energia dedicados às atividades pertinentes ao condomínio;

5 – Experiência e prática em gerir o orçamento do condomínio, bem como, administração de conflitos entre condôminos ou funcionários;

6 – O Síndico Profissional em BH tem estrutura e assistentes, os quais tratarão as demandas de forma solidária, resultando em melhor elaboração e solução de problemas e demandas administrativas.


 

RECEBA NOSSOS ARTIGOS EM PRIMEIRA MÃO


 

FAÇA UM ORÇAMENTO CONOSCO

15 + 7 =


 

OUTROS ARTIGOS